Como Fazer Fermento Natural

Como Fazer Fermento Natural

Clique aqui e veja muitas receitas para ganhar dinheiro com bolo no pote.

Quem trabalha com a produção de alimentos ou ainda gosta de cozinhar sabe que a utilização de fermento natural ou fermento biológico e o conflito que é gerado sobre qual deles usar na hora da escolha na preparação de pães é matéria antiga, e que há quem defenda o uso de um pela praticidade e sabor opaco, e outros que defendem a utilização de outro pela sua qualidade, benefícios e sabor marcante.

O tipo de fermento que tem sabor mais intenso e mais marcante, que traz mais qualidade e benefícios para quem consome o produto feito a partir dele é o fermento natural, ideal para quem não pode consumir alimentos com glúten, quem está de dieta, quem busca uma alimentação saudável ou ainda quem pratica exercícios físicos com frequência.

Já para quem é fã da praticidade basta ir ao ponto de venda de gêneros alimentícios mais perto e encontrar o fermento biológico, que é o famoso fermento industrializado, que pode ser passível da presença de elementos tóxicos e prejudiciais ao corpo, mas que ainda não é descartado em várias receitas.

Quer conhecer tudo sobre o fermento natural e o fermento biológico para escolher corretamente o melhor a usar na sua cozinha? Se sim, vamos lá!

Fermento natural

O fermento natural é hoje em dia uma das formas mais indicadas de tipo de fermento a ser utilizado na produção de pães e iguarias de mesmas propriedades. Além do nome fermento natural, ele passou a ser conhecido por outras nomenclaturas, sendo a mais difundida hoje em dia além do seu próprio nome comum a de fermento levain, que vem de origem francesa, quando esse tipo de fermento ganhou notoriedade nessa região. Além desse nome ele é ainda conhecido como massa lêveda, em espanhol, e massa madre.

A origem deste tipo de fermento data do ano de 3.700 a.C., mas alguns estudiosos afirmam que ele tenha passado a ser mais difundido de forma específica com o passar de muitos anos a frente, por volta do século XIX, mais para o seu fim. Nesses primeiros anos era feito especialmente o fermento natural, com a utilização de lactobacilos com as bactérias necessárias para a fermentação, sendo o modelo de fermento mais recente o conhecimento como fermento biológico.

Fermento biológico

Como modelo de fermento mais recente, o fermento biológico passou a ser usado a partir do momento que o processo industrial se tornou mais firme no mundo e quando se começou os investimentos na área de alimentação para esses tipos de processos, sendo por volta de 150 anos atrás, passando assim a ser amplamente utilizado na preparação de pães e outras massas de mesma especificidade.

Mas, ele não é tão bem considerado como o fermento natural, pois devido seu processo produtivo se encontra passível ao desenvolvimento de toxinas que possam prejudicar a saúde. Mesmo que ele seja de mais fácil acesso, seu sabor nunca se compara ao de pães feitos com fermento natural.

Como fazer fermento natural

Aprenda como fazer fermento natural: é bem simples. Você só precisa ter em mãos um pano limpo, um pote de vidro, uma tampa para esse pote e duas colheres de sopa. Utilize na preparação do fermento natural duas colheres de farinha para duas colheres de água, deixando que a mistura aja por 24 horas coberta pelo pano, dentro do recipiente de vidro.

Você deve repetir o processo acrescentando partes iguais da mistura no pote, colocando sobre ele o mesmo pano e deixando agir por mais 24 horas, por cerca de 4 dias, e depois tapando bem o vidro e levando a geladeira, alimentando ele com água e farinha em no máximo intervalos de dez em dez dias a partir daí.

Utilizando fermento natural ou biológico para fazer pão

Para utilizar o fermento natural na sua receita a dica é nunca utilizar fermento que esteja a menos de um dia sem ser alimentado com água e farinha, deixando ele de fora da geladeira sempre que for usar por cerca de duas a três horas antes de coloca-lo na sua receita. Sempre que usar uma parte do fermento natural, alimente ele para que sempre tenha uma boa quantidade, levando a geladeira.

Na hora de preparar a receita você deve colocar a quantidade de fermento natural indicada no modo de preparo, sem muito segredo, da mesma forma que o fermento biológico. Caso você queira fazer receitas com fermento biológico no modo de preparo, usando o natural, use uma média de para cada 5g de fermento biológico cerca de 150g de fermento natural.

Leia Também:

5 dicas para economizar no Botijão de Gás ao preparar bolo no Pote

Obrigada!

%d blogueiros gostam disto: